Notícias que mostram o quanto a Copa no Brasil será um desastre para o Brasil

Posts marcados ‘MP 527’

Pressione o Governo contra o sigilo dos orçamentos para a Copa 2014

Tenhos que aproveita que Dilma desistiu de apoiar sigilo eterno de documentos secretos da era Sarney e Collor* e pedir também pedir o fim da MP 527 e garantir a transparência nos orçamentos da Copa 2014.

Assim como a abertura dos documentos sigilosos vai enriquecer e beneficiar a história do Brasil, a transparência nos gastos públicos com as obras para a Copa de 2014 vai beneficiar não somente o país para o evento, mas por muitos outros eventos e muitos anos. Pelo menos é assim que esperamos que ocorra.

Então, presidenta, revogue a MP 527, pelo bem dos milhões de brasileiros que votaram em você! Vamos impedir o pagamento de propina e superfaturamento e obras que não vão servir depois para nada. Interessante é a contradição do Senador José Sarney que “está preocupado” com o a transparência das obras para a Copa, mas está tão pertubado com o sigilo dos documentos da época do seu governo.

Sigilo em obras da Copa ‘evita cartel’, justifica Dilma – Política – iG e Dilma rebate críticas a sigilo em licitação de obras da Copa – O Globo.

Anúncios

Por que o Governo Vai Esconder a Gastança da Copa de 2014?

Infelizmente não haverá transparência nos gastos do Governo para “preparar” o Brasil para este evento.

Cabe a nós brasileiros, pressionarmos o Governo por maior transparência.

Segundo a Folha.com O Governo quer manter em sigilo orçamentos da Copa de 2014 – 16/06/2011. O governo federal quer manter em segredo orçamentos feitos pelos próprios órgãos da União, de Estados e municípios para as obras da Copa do Mundo de 2014 e da Olimpíada do Rio em 2016. Veja abaixo o fluxograma da Medida Provisória 527 que cria o RDC Regime Diferenciado de Contratações para eventos, não será possível dizer se a Copa 2014 estourou o orçamento.

A MP 527 é  um mecanismos para driblar a Lei de Licitações. Segundo o Ministério Público Federal a MP 527 é inconstitucional e violava os princípios da “competitividade, isonomia e da impessoalidade”.

Como tramitará a MP

Clique na imagem e leia a matéria na íntegra.

É desta forma que o Brasil vai fazer com que este evento fique como um legado de um Governo arbitrário, que passa por cima de todas as regras para ganhar o jogo e garantir o que quer, independente de ser bom ou ruim para o país. E, no caso da Copa de 2014, será um evento que será um rombo nos cofres públicos e que nos deixará um legado de obras superfaturadas e/ou que não servirão para nada no futuro.